Preciso Levar o Meu Cavalo?

Preciso Levar o Meu Cavalo?

Por Jacira Omena*

Provavelmente essa é a pergunta que mais ouço em relação as viagens a cavalo.

Cavalgadas – De um dia – saindo de várias partes do Brasil, seja em romaria, comemorações ou confraternização são bem mais comuns que as programações de viagem a cavalo que inclui vários dias em seus roteiros.

Então, daí a estranheza!

Como é possível que eu faça viagens pelo Brasil e pelo mundo com o meu próprio cavalo!

Não faço!

 Seria inviável em termos de custo, e as vezes impossível por questões sanitárias fazer esse tipo de coisa.

 Além disso, para mim, parte interessante da viagem é experimentar outras raças de cavalo e os diversos tipos de selas que utilizam nos diversos programas e destinos. Faz parte do meu desenvolvimento pessoal e do crescimento da minha capacidade de adaptação e habilidade com cavalos.

Veja:

 “ Existem diferentes tipos de Viagens a Cavalo. Algumas são autônomas e independentes, organizadas pelas próprias pessoas que fazem parte do grupo. E aí, todos os cavalos, selas e arreios pertencem a essas pessoas, bem como a responsabilidade pela logística.  Porém, a maioria das Viagens a Cavalo realizada em todo mundo é organizada por operadores, e esses são responsáveis por providenciar, em cada destino, tudo que for necessário a viagem, inclusive cavalos.”

A resposta a pergunta é – Não é necessário ter um cavalo. Todas as programações viajaracavalo têm cavalo já incluído no preço do pacote. E acostumados a esse tipo de atividade. 

 Veja alguns cavalos que já tive o prazer de cavalgar em alguns destinos:

Mangalarga Marchador – Minas Gerais – Foto: Belírio Brandão Neto

Foto: Paulo Junqueira Arantes

Foto: Paulo Junqueira Arantes – Cavalo da raça Akhal-Teke – Turquia

Foto: DOmena

Foto: DOmena- Cavalo da raça Criollo – Chile

Foto: TCMelo

Foto: TCMelo – Cavalo da raça crioulo (mestiço) – RS

viajaracavalocavalopantaneiro2

Foto: Paulo Junqueira Arantes  – Cavalo da raça – Pantaneiro – MS Brasil

Foto: MCambray

Foto: MCambray- Cavalo da raça – Paso Costarriquenho – Costa Rica

Foto: Jacira Omena

Foto: Jacira Omena – Cavalo da raça – Marwari – India

Foto: Paul Caudenys

Foto: Paul Caudenys – Cavalo da raça – Criollo Colombiano – Colômbia

  

 


Fonte: Livro – Viajar a Cavalo: Um Guia Passo a Passo. Autora: Jacira Omena

Anterior Que Cavalos Encontrei - África do Sul

Sobre o Autor

Jacira Omena
Jacira Omena 201 posts

Viajante e Escritora - Escreveu o Livro - Viajar a Cavalo:Um Guia Passo a Passo. "Viajo pelo mundo a cavalo sempre a procura de algo novo e surpreendente, e com grande frequência sou bem-sucedida nessa busca!

*O conteúdo dessa matéria é de inteira responsabilidade do seu autor, não tendo a Viajar a Cavalo qualquer responsabilidade sobre o teor dessas informações.

Você também pode gostar de

História, Arte & Literatura Leia e comente!

O Alvorecer do Purunã – O Ciclo Tropeiro

Diários de um imortal em viagens pela história
Carlos Roberto Solera, historiador apaixonado, pesquisador sobre História Geral e Tropeirismo, é um entusiasta na preservação da memória da formação do povo brasileiro.

Sela & Cia Leia e comente!

Tipos de Estribo

O Estribo nasceu como uma alça de couro amarrada na sela para apoiar os pés há mais de dois mil anos. Depois evoluiu para aros de metal e propagou-se pela Ásia onde foi bastante importante na formação de exércitos montados e nas conquistas imperiais.

História, Arte & Literatura Leia e comente!

Cavalos Olímpicos – Baloubet du Rouet

Considerado por muitos o melhor cavalo de todos os tempos, o gênio do garanhão Baloubet du Rouet, famoso por sua voluntariedade, é até hoje lembrado por suas proezas em competições internacionais de hipismo.

Leia e comente!

Nenhum Comentário ainda

Você pode ser o primeiro a comentar esse post!